Buscar

Quais as principais bolsas para Estudar no Japão. Processos e Dicas

É possível cobrir os gastos de estudar no Japão?

Muitas pessoas desconsideram estudar no Japão como local de estudos por acharem ser um local muito caro e longe. Em parte eu concordo que o Japão não é um país barato de se viver, principalmente se almejarmos cidades grandes como Tokyo. No entanto, quando vemos os preços das universidades japonesas e comparamos com a média global, o Japão pode ser considerado um dos mais acessíveis para se estudar! Tá, mas e se mesmo assim, nós não termos condições de arcar os custos de viver e estudar no Japão? Nesse post apresentaremos algumas das principais bolsas de Estudo do Japão




Bolsas MEXT


Oferecidas pelo governo japonês e sendo as bolsas mais conhecidas entre os aplicantes brasileiros, a bolsa MEXT oferece uma grande série de vantagens para seus recipientes. Entre elas:

  • Inscrição gratuita

  • Anuidade escolar das universidades gratuita

  • Passagem de ida e volta ao Japão

  • Suporte financeiro mensal de ± 1100 USD até: ± 1350USD Dependendo do programa


As bolsas MEXT podem ser aplicadas gratuitamente nas embaixadas / consulados japoneses responsáveis por sua região. Devido a isso, elas são conhecidas por serem altamente competitivas.


Estamos listando algumas das modalidades de bolsas MEXT com seus requisitos abaixo:

(Para informações mais precisas e detalhadas, consulte o site do embaixada do Japão ou do consulado responsável por sua região:) https://www.br.emb-japan.go.jp/itpr_pt/bolsas_programas.html

Bolsa para graduação / escola técnica/ ou vocacional:

Duração: 1 ano intensivo de japonês + 2 anos escola técnica ou 4 anos Graduação Idade: até 24 anos em abril do ano que iniciar estudos no Japão

período de aplicação: Meados de junho

Alguns Requisitos: Conhecimento avançado de inglês ou japonês (Prioridade Japonês); disposição para aprender japonês e ter aulas nesse idioma, Histórico escolar de alto rendimento, Teste de conhecimento (Enem + prova dentro do consulado) Redação sobre o motivo de ter escolhido o Japão.

Extra: As modalidades de graduação, escola técnica ou vocacional possuem vagas diferentes. Escolha a que se encaixar mais com o tipo de programa / carreira que você almeja após os estudos.

Bolsa para treinamento de professores


Duração: 1 ano e seis meses Idade: até 35 anos em abril do ano que iniciar estudos no Japão

período de aplicação: Meados de Janeiro

Alguns Requisitos: 5 anos de experiência em atividades de ensino, Conhecimento avançado de inglês ou japonês, Projeto/plano de pesquisa definido,

Redação sobre o motivo de ter escolhido o Japão.

Extra: Nessa bolsa, um professor é convidado a estudar o sistema de ensino japonês. A bolsa envolve diversas visitas a escolas, trocas entre professores de matérias distintas, sendo finalizada com uma pesquisa / projeto de graduação que ajude a beneficiar os sistemas de ensino tanto do Japão quanto do País de origem

Bolsa para Pesquisa - pós-graduação


Duração: 6 meses até 2 anos como aluno de pesquisa kenkyusei + 2 Mestrado e/ou 3 anos Mestrado Idade: até 35 anos em abril do ano que iniciar estudos no Japão

período de aplicação: Meados de maio

Alguns Requisitos: Conhecimento avançado de inglês ou japonês, Projeto/plano de pesquisa definido,

Redação sobre o motivo de ter escolhido o Japão.

Extra: Embora seja possível conseguir carreiras após o término dos estudos, essa bolsa visa formar pesquisadores. Portanto, ter experiência acadêmica e uma ideia do que quer pesquisar ou de qual universidade / professor seja ideal para isso podem ser determinantes. Quanto mais definido você tiver isso, mais forte poderá ser o seu projeto de pesquisa. Extra 2: Ser aceito nessa bolsa normalmente só garante a sua afiliação na universidade como aluno de pesquisa kenkyusei. É muito possível que o aluno terá que aplicar para exames de admissão da universidade, caso queira prosseguir com o mestrado e doutorado.

Bolsa Cultura e língua japonesa


Duração: até 1 ano Idade: entre 18 e 29 anos em abril do ano que iniciar estudos no Japão

período de aplicação: ND

Alguns Requisitos: Ser descendente Nikkei ou Estudante universitário matriculado no curso de Letras Japonês (excluem-se alunos no último ano/com menos de um ano de curso), bom conhecimento de língua japonesa (JLPT 3 ou superior).

Bolsas de universidades e associações Japonesas A Japan Student Service Organization (JASSO) publica anualmente uma brochura com bolsas financiadas por empresas e fundações privadas para estudantes que iniciaram o intercâmbio com recursos próprios. Isso pode ser acessado através deste link: https://www.jasso.go.jp/en/study_j/scholarships/brochure.html Além disso, muitas das universidades japonesas têm suas próprias modalidades de bolsas e programas de desconto na mensalidade, que podem ser solicitados pelo aluno normalmente enquanto ele está realizando o processo de aplicação na universidade, ou logo após realizar a matrícula Com características distintas, os benefícios dessa bolsa envolvem

  • Desconto de taxas escolares de 10 a 100%

  • Suporte Financeiro mensal de cerca de 300 a 2,000 USD(menos comuns) por mês

Requisitos:

  • Condições socioeconômicas do candidato

  • Estar vinculado a uma instituição de ensino no Japão

  • Possuir bom currículo escolar e alto rendimento enquanto aluno no Japão

  • Projeto de pesquisa com alto potencial (para pós)

  • Dependendo, elevado nível de japonês (N2) ou inglês.

  • Alguns colocam Idade até 34 anos outros não possuem restrição

  • Não possuir nacionalidade japonesa (Bolsa para alunos internacionais)

Extra: Trabalho de meio período (Part-Time) Em muitos casos, as bolsas oferecidas pela JASSO e pelas universidades não são suficientes para cobrir todos os custos de vida para estudar no Japão. No entanto, uma boa parte dos custos pode ser complementada por trabalhos de meio período (Part-time), muitas vezes recomendados pela universidade. De fato, cerca de 76% dos estudantes internacionais no Japão opta por um trabalho de meio período. Estudantes internacionais podem trabalhar até 28 horas por semana durante as aulas, e 40 em período de férias. Com um salário base médio de 8 a 12 dólares por hora, é possível conseguir um salário médio mensal de cerca de 550 USD, que pode cobrir mais da metade dos seus gastos no Japão. Entre trabalhos, estudantes podem atuar como atendente de mercado, restaurantes, ou serviços de entrega, sendo eles uma boa oportunidade de praticar a língua. Existem também trabalhos que podem pagar mais, de 20 a 40 USD / hora como ser professor de escola ou tradutor. No entanto, por exigir mais tempo e preparação, esses trabalhos podem acabar prejudicando os estudos, não sendo amplamente recomendados. De toda a forma, conseguir uma bolsa menor pela universidade e pela JASSO, complementada por trabalhos de meio período pode ser uma forma possível, embora não fácil, de financiar os seus estudos no Japão

Bolsas para Nikkeis Se você é descendente de Japonês até a quarta geração (Yonsei), existem diversas bolsas escolares que você pode aplicar. Aqui vamos listar algumas: Bolsas JICA para Nikkeis Bolsa exclusiva para descendentes de japoneses visando formar lideranças que atuem no ensino e aplicação de conhecimentos. Para alunos do ensino fundamental, médio, universitários e profissionais ativos. Benefícios da bolsa:

  • Passagem de ida e volta ao Japão

  • Homestay (fundamental, médio)

  • Inscrição gratuita

  • Anuidade escolar gratuita das universidades ou instituições

  • Passagem de ida e volta ao Japão

  • Suporte financeiro mensal de até: ± 1350USD Dependendo do programa

Mais informações: https://www.jica.go.jp/brazil/portuguese/office/trainings/nikkeis01.html Modalidades:

  • Ensino fundamental (12-15 anos)

  • Ensino médio (16-18 anos)

  • Universitário (18-30 anos)

  • Treinamento Nikkei (> 21 anos)

  • Mestrado e PhD (< 40 anos)

Requisitos:

  • Ser imigrante ou descendente de japonês (nikkei)

  • Bom histórico escolar / profissional

  • Redação em japonês (ens. fundamental)

  • Carta de recomendação de entidade nikkei

  • Média a alta proficiência em japonês e/ou inglês

Extra: Na modalidade de pesquisa, ao contrário da Bolsa MEXT aonde o candidato pode escolher contatar o professor japonês e aplicar na universidade após ser aprovado, a bolsa JICA pede para que o aluno já tenha uma carta de aceite do professor antes de aplicar. Ou seja, quando mais você se antecipar melhor. Bolsas da Nippon Foundation (Nippon Zaidan) A bolsa gerida pela Nippon Foundation (Nippon Zaidan) oferece condições de intercâmbio consideradas superiores até que a da bolsa MEXT. O candidato pode se inscrever para fazer graduação ou pós, em um período de 5 anos. Benefícios:

  • Passagem de ida e volta

  • Despesas escolares, matrícula, cobertas

  • Subsídio mensal de 130,000JPY / Aluguel 50,000JPY / luva 200,000JPY/etc.

  • Despesas para participar de estágios, congressos, etc.

Requisitos:

  • Ser descendente

  • 18 a 35 anos

  • Domínio da língua japonesa ou inglesa

  • Carta de recomendação de associação Nikkei

  • Aplicar conhecimentos adquiridos no país de origem

Extra: essa bolsa é financiada para criar os próximos líderes Nikkeis do futuro. Esperam que o candidato se envolva o máximo possível com atividades nas comunidades japonesas, Nikkeis, e brasileiras. Bolsas de Associações Regionais Kenpi Ryugaku e Kenpi Kenshu Sendo administrada por associações japonesas no Brasil tais como a Asebex, A bolsa kenpi ryugaku oferece intercâmbio de curta-duração (12 meses) em universidades japonesa na área de estudos desejada, como aluno pesquisador ou ouvinte. Por outro lado, A bolsa kenpi kenshu oferece intercâmbio de curta-duração (3 a 12 meses) e visa o aperfeiçoamento profissional do candidato através de estágio em empresas privadas ou públicas. Requisitos bolsa Kenpi Ryugaku: https://asebex.org.br/kenpi-ryugaku/

  • Formação superior

  • Nacionalidade brasileira

  • Ascendência da província

  • Domínio da língua japonesa

  • Até 30 anos

  • Preferencialmente solteiro

  • Participação em kenjinkai

Requisitos bolsa Kenpi Kenshu: https://asebex.org.br/kenpi-kenshu/

  • Formação profissional a área desejada

  • Nacionalidade brasileira

  • Ascendência da província

  • Conhecimento da língua japonesa

  • Idade variável

  • Preferencialmente solteiro

  • Participação em kenjinkai


Fellowships, estágio técnico, e mais Se você já é pesquisador ou um profissional capacitado no Brasil, existem outras formas de vir para o japão através de fellowships e de estágios técnicos! Listaremos alguns aqui abaixo: Fellowship pós-Doutorado JSPS O "JSPS Postdoctoral Fellowship for Overseas Researchers" é uma bolsa de pós-doutorado dedicada para pesquisadores com ótimos currículos e projetos de pesquisa. Os pesquisadores podem vir de diversos campos da ciência para trabalhar tanto em universidades como em institutos de pesquisa. No entanto, pesquisas no campo de humanas exigem maior conhecimento da língua japonesa. Por isso existe uma maior assimilação de profissionais internacionais em ciências naturais, biológicas e de tecnologia. Mais informações: https://www.jsps.go.jp/english/e-ippan/appliguidelines.html

Benefícios da bolsa:

  • Passagem de ida e volta ao Japão

  • Auxílio moradia / família

  • Apoio para família

  • Verba anual para recursos de pesquisa: 12,000 USD

  • Suporte financeiro mensal: 3,000 USD

Requisitos:

  • Currículo acadêmico de excelência

  • Bom número de publicações internacionais

  • Projeto/plano de pesquisa bem estruturado e com alto potencial de avanços científicos no campo.

  • Inglês e/ou Japonês Avançado

Fellowships da Japan Foundation para pesquisadores O fellowship program da Japan Foundation financia pesquisas na área de estudos japoneses, tais como arte, história, língua, literatura e cultura. Há três modalidades de bolsa: long-term, short-term e doctoral candidates (para doutorandos). Mais informações: https://fjsp.org.br/programas/categoria_guia/estudosjaponeses Bolsa para doutorandos (doctoral candidates)

  • Alunos de doutorado conduzindo pesquisas relacionadas ao Japão nas áreas de humanidades ou ciências sociais, que já tenham cumprido os créditos para se formar e que necessitem viajar ao Japão para completar a tese.

  • Duração: 4 a 12 meses

Fellowship para pesquisadores acadêmicos (Curta e Longa duração)

  • Professores ou pesquisadores conduzindo pesquisas relacionadas ao Japão, nas áreas de humanidades e ciências sociais

  • Curta Duração: 21 a 59 dias

  • Longa Duração: 2 a 12 meses

Requisitos

  • Não possuir nacionalidade japonesa

  • Bom histórico escolar / profissional

  • Alta proficiência em inglês

  • Estar empregado em associação/empresa relacionada com projetos de inovações (varia de acordo com o programa)

Estágio Técnico - JICA A JICA também possui um programa de treinamento com foco em servidores ou organizações públicas (empresas públicas, FIEMG, etc.). Anualmente a JICA auxilia cerca de 8,000 técnicos oriundos de países em desenvolvimento de todo o mundo, atuando em áreas diversificadas como: planejamento de desenvolvimento, administração pública, empreendimentos públicos, transporte, infraestrutura social, comunicação e informação, agricultura, pecuária, floresta, pesca, mineração, comércio, turismo, capacitação, saneamento, etc. Mais informações: https://www.jica.go.jp/brazil/portuguese/office/courses/index.html Benefícios da Bolsa:

  • Passagem de ida e volta

  • Hospedagem em alojamento

  • Isenção custo do curso

  • Suporte financeiro diário: ± 50 USD/ dia

  • Duração:3 semanas a 3 meses

Extra: devido a pandemia, a JICA está realizando seus treinamentos através de programas online. Participar deles pode ser uma boa oportunidade de aumentar vínculos com instituições japonesas e obter oportunidades futuras.

Considerações Bolsas de estudo estão cada vez mais disponíveis para alunos internacionais. No entanto, muitas são facilitadas para estudantes já no Japão ou demandam buscas específicas. Continue buscando e não deixe de aplicar sempre que tiver a oportunidade Algumas dicas:

  • Bolsas de pesquisa focam muito na sua experiência acadêmica, portanto almeje isso em sua graduação.

  • Mesmo com o MEXT, faça um bom planejamento financeiro para manter seus estudos a longo prazo.

  • Faça contatos com associações japonesas e busque se informar sempre sobre novas oportunidades.

  • Muitas bolsas permitem a combinação com bolsas adicionais e outras formas de renda.

  • Não desista de tentar oportunidades no Japão, pois existem várias portas!


97 visualizações0 comentário